Header Ads

Guia prático de combate à vigilância na internet


Para os movimentos sociais, a comunicação rápida e segura entre membros de um coletivo, entre coletivos, ou entre ativistas independentes é fundamental tanto para o planejamento e a eficácia das ações, como também para o fortalecimento do próprio movimento de resistência.

Na era analógica, espionar as comunicações de um indivíduo ou grupo e apreender documentos sensíveis, eram ações bastante comuns, apesar de serem dirigidas a alvos específicos e um tanto difíceis de serem camufladas. Com a internet, essa prática se tornou mais discreta, silenciosa e ainda mais comum, sendo utilizada em larga escala, para a espionagem em massa, e por motivos que ultrapassam os estritamente políticos.

A cada dia fica mais evidente que grande parte das atividades na internet estão sujeitas à vigilância, e que há, quase sempre, bois na linha: algo ou alguém coletando seus dados privados, espiando suas conversas e e-mails, ou registrando os sites acessados por você. Esses bois não são inofensivos, e podem inviabilizar as ações de um grupo, expor os ativistas, e favorecer a repressão.

MAS CALMA, É POSSÍVEL COMBATER A VIGILÂNCIA E MANDAR OS BOIS PASTAREM!
Felizmente, certas propriedades físicas do nosso mundo fazem com que cifrar informações seja mais fácil que decifrá-las. A mudança de alguns hábitos e a utilização de criptografia e de softwares livres e de código aberto, podem proporcionar um bom nível de privacidade, ainda que não garanta uma segurança total.

“TEM BOI NA LINHA?” É UM GUIA PRÁTICO DE COMBATE À VIGILÂNCIA NO ÂMBITO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS, E É DESTINADO A GRUPOS DE ATIVISTAS, JORNALISTAS, MIDIALIVRISTAS OU A QUALQUER PESSOA QUE PRECISE OU DESEJE SE PROTEGER, E PROTEGER SUAS COMUNICAÇÕES E ARQUIVOS, DA VIGILÂNCIA DO ESTADO E DE INSTITUIÇÕES PRIVADAS.

Aprenda mais em: https://temboinalinha.org/

INFORME: Independente, o Comunica Tudo é mantido por um único autor/editor, com colaborações eventuais de outros autores. Dê o seu apoio a esta iniciativa: clique nas publicidades ou contribua.

Nenhum comentário

Faça seu comentário abaixo. Obrigado.

Imagens de tema por hdoddema. Tecnologia do Blogger.